Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Idosa de 65 anos morre carbonizada em incêndio na Zona Norte de São Paulo

A vítima morava sozinha e tinha retalhos de pano em casa, o que pode ter ajudado a propagar as chamas

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 20 jul 2020, 19h07 - Publicado em 20 jul 2020, 19h05

Uma mulher de 65 anos que morava sozinha morreu carbonizada durante um incêndio dentro da própria casa na região de Pirituba, Zona Norte de São Paulo, no último domingo (19).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, oito viaturas foram usadas para apagar as chamas. Dentro da residência havia diversos retalhos de pano, o que pode ter facilitado a propagação do incêndio.

Antes mesmo de os bombeiros chegarem até o local, eles já sabiam que a moradora estava dentro da casa.

“Existia uma moradora na residência que não tinha conseguido sair. Então a gente já chegou com essa intenção de explorar e tentar localizar”, diz o bombeiro Anderson Luiz Silva em entrevista ao programa Balanço Geral, da Record TV. “Quando a gente conseguiu acessar o quarto, ainda em chamas, localizamos o corpo.”

O motivo do incêndio ainda é desconhecido.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade