Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Homem se joga de prédio depois de matar vizinha e colocar fogo no próprio apartamento

Mulher foi atacada quando estava saindo para trabalhar; corpo foi encontrado no térreo do edifício

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 10 abr 2021, 12h32 - Publicado em 10 abr 2021, 12h31

Um homem matou uma vizinha, colocou fogo no próprio apartamento e, em seguida, se jogou do 7º andar de um edifício em São Vicente, no litoral paulista, na manhã desta sexta-feira (9). Ambos morreram no local. A vítima deixa o marido e dois filhos: um bebê de sete meses e uma criança de 3 anos.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito atacou a vizinha com socos – registrados pelas câmeras de segurança – assim que ela saia para trabalhar. A vítima desmaiou e foi arrastada pelo homem para dentro do prédio. O corpo foi encontrado no térreo e ainda passará por perícia para descobrir se houve ou não estupro.

Após o assassinato, o homem voltou ao seu apartamento dele e ateou fogo no local. Vizinhos notaram o incêndio e acionaram a PM. Com a chegada dos policiais, o criminoso se jogou pela janela 7° andar e acabou morrendo.

Até o momento, as investigações não apontam nenhum envolvimento prévio entre a vítima e o criminoso. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia de São Vicente.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade