Clique e assine por apenas 6,90/mês

Homem morre atropelado por trem em estação da CPTM

Acidente ocorreu na quarta-feira (15)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 fev 2020, 15h45 - Publicado em 16 jan 2020, 14h28

Um homem de 46 anos morreu na quarta-feira (15) após cair nos trilhos da linha 8-Diamante da CPTM, na estação Palmeiras Barra-Funda. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o prensista foi atropelado por um trem que seguia no sentido Itapevi, por volta das 14h34.

Segundo testemunhas, a vítima teria subido no estribo (piso de apoio para subir) da locomotiva antes de ela parar completamente na plataforma. Ele se desequilibrou e caiu no vão entre o vagão e a plataforma e foi atropelado pela composição. De acordo com a SSP, agentes ferroviários foram acionados após o incidente, e quando chegaram ao local viram o homem caído na linha, com “sangramento na cabeça e amputamento da perna”.

Duas enfermeiras que estavam na estação tentaram reanimar a vítima até a chegada do resgate, mas o óbito foi constatado. O trem envolvido no acidente será periciado. A CPTM afirmou que irá realizar “ampla investigação” para apurar o caso. “Informações preliminares davam conta de um possível mal súbito que teria feito o passageiro cair no vão do trem”.

Reportagem publicada pela Vejinha em 2019 mostrava que, em média, duas pessoas caem por dia no vão entre o trem e a plataforma nas estações da CPTM. Em 2018 foram registradas 782 quedas nos espaços, número 24% menor que em 2017, quando foram registradas 1 033 ocorrências. A diminuição foi justificada pela CPTM com a “instalação de borrachões de proteção nas plataformas e à intensificação das orientações de segurança aos passageiros”.

Continua após a publicidade

 

+ OUÇA O PODCAST Jornada da Calma

Publicidade