Clique e assine por apenas 6,90/mês

Homem desaparecido é encontrado 22 anos depois no Google Earth

Um vizinho estava fazendo uma busca sem nenhuma relação com o sumiço

Por Redação VEJA São Paulo - 13 Sep 2019, 15h54

Após 22 anos, Willian Moldt, homem que desapareceu na Flórida quando estava voltando de uma discoteca, foi encontrado. O corpo do americano foi achado submerso em um carro dentro de um lago.

A descoberta, segundo a polícia do condado de Palm Beach County, ocorreu por acaso. “Um morador antigo de Grand Isles [nome de um condomínio residencial] estava fazendo uma pesquisa no Google Earth e notou o que parecia ser um veículo em um lago atrás de sua antiga residência”, disse o departamento de polícia em comunicado pelo Facebook.

A previous resident living in Grand Isles was doing a “google search” on google earth, in the area and noticed what…

Continua após a publicidade

Posted by PBSO – Palm Beach County Sheriff's Office on Thursday, September 12, 2019

O ex-morador, então, contatou o residente atual da casa e avisou da presença do carro. Este, por sua vez, acionou um drone, para confirmar o fato e, em seguida, acionou a polícia.

“O exterior do veículo estava fortemente calcificado, o que indica permanência na água há muito tempo. Depois de remover o carro, o esqueleto foi encontrado no interior.” A descoberta ocorreu no dia 28 de agosto e foi confirmada a identidade de Moldt nesta terça (10).

A família, que não tinha notícias do paradeiro dele desde novembro de 1997, foi notificada.

Continua após a publicidade

 

Publicidade