Clique e assine com até 89% de desconto

Homem atira em ex-mulher e depois se mata em Campinas

Segundo a polícia, Alexsandro Marcos Moreira teria cometido o crime por revolta com o novo relacionamento da antiga parceira

Por Redação VEJA São Paulo 11 abr 2019, 12h12

Um homem de 44 anos tentou matar a ex-mulher com um tiro depois de ter invadido o condomínio onde ela morava no Jardim Bela Vista, em Campinas, no interior de São Paulo.

Segundo a polícia, o vendedor Alexsandro Marcos Moreira cometeu o crime porque estaria revoltado com o novo relacionamento de Yannhe Marques, de 33 anos. Moreira e Yannhe foram casados por treze anos. Atualmente, Yannhe namora um rapaz de 33 anos que, segundo o boletim de ocorrência, também era vítima de ameaças de morte.

Depois que ouviram o tiro, vizinhos da mulher acionaram a polícia. Quando chegaram no local, os militares encontraram Yannhe caída no chão. Moreira ainda estava no apartamento.

Ao ver os policiais, o vendedor atirou em sua própria cabeça e morreu na hora. Yannhe foi levada para o pronto socorro da Unicamp, onde passou por cirurgia e continua internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Continua após a publicidade
Publicidade