Homem apontado como assassino de ex-namorada continua foragido

Corpo foi liberado na madrugada deste domingo (13) do Instituto Médico-Legal (IML) e deve ser enterrado em Goiás, onde Edna morava antes de se mudar para São Paulo

O principal suspeito de ter matado Edna Amaralina da Silveira, de 28 anos, seu ex-marido, Hugo Alexandre Gabrich, continua foragido. O corpo foi liberado na madrugada deste domingo (13) do Instituto Médico-Legal (IML) e deve ser enterrado em Goiás, onde Edna morava antes de se mudar para São Paulo. Ela foi morta a tiros em seu apartamento na Zona Sul de São Paulo. 

+Corpo de mulher assassinada pelo namorado vai para Goiânia

Edna assassinada paraíso

Edna assassinada paraíso

O crime foi na madrugada deste sábado (12) e um homem que estava com Edna também foi baleado. Ele sobreviveu e foi levado para o hospital, onde está internado. Edna morava em São Paulo havia seis meses e, segundo a polícia, não há registros de queixas da vítima contra o ex em delegacias da capital. Ela chegou a solicitar medida protetiva na Justiça de Goiás, mas retirou o pedido dias antes do crime. A polícia informou que vai solicitar à Justiça a prisão temporária de Gabrich. Imagens de câmeras de segurança do prédio também foram solicitadas para ajudar nas investigações.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s