Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Helicóptero que caiu em Bertioga já havia passado por outro acidente

Aeronave passou por um incidente em 2006, no Campo de Marte, em São Paulo

Por Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 13h40 - Publicado em 27 dez 2014, 19h08

O helicóptero modelo Esquilo, prefixo PT-HNC, que caiu na manhã deste sábado (27), em Bertioga, litoral norte de São Paulo, causando a morte de cinco pessoas, já havia se envolvido em outro incidente, em setembro de 2006, no Aeroporto Campo de Marte, em São Paulo.

+ Três mortos em queda de helicóptero eram da mesma família

Na ocasião, outro aparelho pousava no pátio quando, ao fazer o giro de cauda para a parada, atingiu uma das pás do rotor principal do PT-HNC, que estava estacionado.

+ CNH de Renner está vencida há quatro anos

Um laudo do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) emitido em 2010 informa que o acidente resultou em danos leves numa das pás do rotor principal da aeronave atingida.

O helicópterto pertence à empresa Helimarte Táxi Aéreo desde 2008 e tinha revisão válida até 11 fevereiro de 2015, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Desde 2005, no entanto, a Esquilo estava incorporado à frota da Helimarte.

+ Confira as principais notícias da cidade

A última vistoria, válida por um ano, havia sido feita em fevereiro deste ano. Ainda segundo a Anac, o aeronave tem certificado de aeronavegabilidade válido até 2020.

Com Estadão Conteúdo

Continua após a publicidade
Publicidade