Clique e assine por apenas 6,90/mês

Grávida de trigêmeos se declarou ao marido antes de morrer

A secretária Giseli Sanches sofreu uma parada cardíaca logo após seu chá de bebê

Por Carolina Moraes - 21 fev 2018, 16h01

A secretária Giseli Cristina Sanches, de 39 anos, grávida de trigêmeos, publicou uma declaração de amor ao marido, Caio Fernando, um dia antes de morrer. Ela faleceu no domingo (18) em Jales, a 600 quilômetros da capital, depois de sofrer uma parada cardíaca logo após seu chá de bebê. Levada à Santa Casa de Jales, não resistiu.

No post, Giseli publicou um trecho da banda gospel Canal de Graça. “Serei um elo entre o céu e você”, escreveu. Os versos foram considerados como uma “premonição” por alguns usuários que comentaram a publicação.

Devido à idade e à gestação múltipla, a secretária, que estava no quinto mês, tinha uma gravidez de risco. Na quinta (15), ela havia passado por exames pré-natal no Hospital de Base, em São José do Rio Preto, mas, apesar das queixas de inchaços, o médico não detectou problemas de saúde.

Depois da morte da mulher, dois bebês também vieram a falecer e foram sepultados na manhã de terça-feira (20) no Cemitério da Consolação, em Jales. A menina, que sobreviveu, está internada na UTI do hospital. Além dos trigêmeos, Giseli tinha outros dois filhos adolescentes.

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade