Clique e assine por apenas 6,90/mês

Governo Alckmin tem aprovação de 36% em São Paulo, diz pesquisa

De acordo com o Datafolha, o tucano deixou o governo paulista com índice de reprovação de 22%

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 15 Apr 2018, 11h56 - Publicado em 15 Apr 2018, 11h53

De acordo com a pesquisa Datafolha publicada neste domingo (15), Geraldo Alckmin, do PSDB, deixou o governo paulista com índice de aprovação de 36%. Entre os eleitores do estado, 40% classificam sua gestão como regular e 22%, como ruim ou péssima. O tucano deixou o posto no dia 6 de abril para concorrer à presidência. Em seu lugar ficou Márcio França (PSB).

Na avaliação, o Datafolha ouviu 1 954 eleitores em 68 municípios de São Paulo de quarta, 11, a sexta, 13. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

O pré-candidato tucano à Presidência da República também deixou o governo paulista para disputar a presidência em 2006, com 66% de aprovação à época.

Na corrida presidencial, se considerado Lula na disputa, o deputado Jair Bolsonaro (PSL) tem 15% das intenções de voto e a ex-senadora Marina Silva (Rede) apresenta 10%. Joaquim Barbosa (PSB), ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) aparecem tecnicamente empatados, com 8% e 6% das intenções de voto.

Publicidade