Golpe no WhatsApp promete jantar gratuito em restaurantes estrelados de SP

Criminosos usam perfis de casas conhecidas da capital para roubar contas no aplicativo de mensagens

Cada vez mais comum, o golpe utilizado para clonar o número de WhatsApp dos celulares brasileiros ganhou mais uma faceta neste início de ano. Os criminosos mandam mensagens oferecendo supostos jantares gratuitos em endereços gastronômicos premiados da capital paulista, para assumir o controle da conta da vítima.

A lista de locais que divulgaram mensagens nas redes sociais, alertando os clientes que não estavam realizando promoções do tipo, inclui: Evvai, no Jardim Paulistano; Tuju, na Vila Madalena; Attimo Per Quattro e a hamburgueria Tradi, na Vila Nova Conceição; Mercearia do Francês, no Higienópolis; Ristorantino, no Jardim Paulista, e Lassù, em Santana.

Funciona assim: você recebe no seu celular um convite de um perfil que se apresenta como de um restaurante como o Evvai. A mensagem afirma, por exemplo, que você foi premiado com um jantar gratuito para cinco pessoas por meio de um sorteio e, para confirmar a presença, precisa acessar um link. Depois que você clicar no site, seu celular receberá um código de mensagem de texto.

View this post on Instagram

Lamentamos o informativo acima.

A post shared by Evvai (@evvai_sp) on

O indivíduo pede que você mande o código para ele: não faça isso. É a ativação do WhatsApp, que permitirá que seu número no aplicativo seja clonado.

“Primeiro falavam que eram festas. Falavam que um chef estava organizando um evento e precisava enviar o código para validar o convite”, afirma o chef Luiz Filipe, do Evvai, que teve seu nome usado pelos criminosos para a clonagem de contas. Depois a equipe do restaurante italiano passou a receber ligações de clientes questionando sobre refeições que teriam ganhado por um sorteio. “Um almoço para cinco pessoas e tudo pago. Tudo isso para roubar o WhatsApp”, lembra Filipe. Depois dos episódios, a equipe colocou um aviso nas redes sociais do restaurante, alertando sobre o problema.

Já Ricardo Trevisani, do Lassù e do Ristorantino, não chegou a receber relatos de consumidores, mas achou melhor colocar o aviso nas redes sociais das casas, já que usaram seu nome para convites falsos de eventos. “A maioria das pessoas me ligaram e a gente conseguiu que essa coisa parasse. Mas tive amigas que acabaram tendo problemas”, relata.

O Tuju passou a exibir uma mensagem no seu site avisando sobre o golpe. Medida parecida foi adotada pelo Attimo Per Quattro, a hamburgueria Tradi e a Mercearia do Francês, que pertencem ao grupo Gastronomia MF, do restaurateur Marcelo Fernandes.

Aviso colocado nos sites dos restaurantes de Marcelo Fernandes

Aviso colocado nos sites dos restaurantes de Marcelo Fernandes (Reprodução/Divulgação)

+ OUÇA O PODCAST Cozinha do Lorençato

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s