Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ministro Gilmar Mendes suspende posse de Lula

Processo do petista deve ficar com o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 5 dez 2016, 11h34 - Publicado em 18 mar 2016, 22h57

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu nesta sexta-feira, 18, a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil e decidiu que o processo do petista deve ficar com o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato na primeira instância.

+ Manifestação pró-Lula reúne 95 000 pessoas na Paulista

O ministro do STF se manifestou a favor do pedido do mandado de segurança de dois partidos da oposição, PSDB e PPS, que alegavam que Lula havia tomado posse para ganhar foro privilegiado e ser julgado pelo Supremo.

Antes de proferir a decisão, Gilmar Mendes já havia declarado que não havia dúvidas de que a nomeação do ex-presidente para um cargo no Executivo tinha esse objetivo. O governo ainda pode recorrer da decisão e levar o caso para a análise do plenário da Corte.

Continua após a publicidade

Publicidade