Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ford encerra fábrica de São Bernardo e deixa mercado de caminhões

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o fim das operações representa a demissão de 2 800 trabalhadores. Saiba mais

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 19 fev 2019, 19h54 - Publicado em 19 fev 2019, 19h48

A Ford anunciou nesta terça (19) que vai encerrar a operação da fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Com a decisão, a montadora deixa de atuar no segmento de caminhões. A empresa mantém a fábrica de veículos em Camaçari, na Bahia.

O fim da operação, segundo nota da empresa, representa “um importante marco para o retorno à lucratividade sustentável de suas operações na América do Sul”. Em balanço referente ao ano passado, a Ford apresentou prejuízo de 678 milhões de dólares na região.

De acordo com a empresa, a decisão de deixar o mercado de caminhões foi tomada após vários meses de busca por alternativas que incluíram a possibilidade de parcerias e venda da operação. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, o encerramento da fábrica representa a demissão de 2 800 trabalhadores .

“Sabemos que essa decisão terá um impacto significativo sobre os nossos funcionários de São Bernardo do Campo e, por isso, trabalharemos com todos os nossos parceiros nos próximos passos” disse o presidente da montadora para a América do Sul, Lily Watters, no comunicado.

A Ford afirma ainda que dará apoio aos consumidores em relação a garantias, peças e assistência técnica.

Segundo a montadora, o fim da fábrica de São Bernardo se junta a outras iniciativas recentes que fazem parte da reestruturação em andamento na América do Sul, como redução em mais de 20% dos custos referentes ao quadro de funcionários e à estrutura administrativa em toda a região.

Continua após a publicidade
Publicidade