Flávio Bolsonaro contesta chefe do exército

O filho mais velho do candidato respondeu aos comentários do general Eduardo Villas Bôas

O filho mais velho de Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, Flávio Bolsonaro, candidato a senador pelo mesmo partido, discordou do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, que disse ao jornal O Estado de S. Paulo que o atentado ao deputado mostrou a grande polarização política do País, e que o próximo presidente poderia ter a sua legitimidade contestada.

“É a opinião dele, eu não acho que o País esteja dividido, o País está mais do que nunca unido em torno do Bolsonaro e será no primeiro turno. Eles queriam matar o meu pai para tirá-lo da disputa, mas não foi a facada, ele não vai ser eleito por causa da facada, ele tomou a facada porque já estava eleito”, disse a jornalistas após discursar em evento do partido na praia de Copacabana – que já estava programado antes do atentado -, dando início à campanha sem a presença do candidato, o que vai acontecer, segundo ele, “em todos os Estados do País”.

Ele afirmou que estará nesta segunda-feira (10) com o superintendente-chefe da Polícia Federal para obter mais detalhes sobre a facada recebida durante campanha em Juiz de Fora (MG).

“Nossa preocupação é saber se ele agiu sozinho ou não. Certamente não agiu sozinho, essa quadrilha que está por trás dele já estava mapeando passo a passo a família, não apenas o meu pai, temos que saber se tem mais alguém (na mira), eu ou meus irmãos”, disse, após discursar.

Ele não soube estimar quando o pai retomará a campanha, mas garantiu que o tom não será modificado por causa do atentado, e afirmou que não haverá segundo turno, ao ser perguntado se o pai poderia voltar a fazer campanha no segundo turno.

“A gente faz política trazendo a verdade. Então não tem o que mudar, é só manter a mesma linha, só queremos resgatar o Brasil. É só isso. Ele continua comunicando isso, mas de dentro do hospital”, disse Flávio.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s