Continua após publicidade

Filômetro indica falta de vacina contra gripe em 15 postos da capital

Retomada de vacinação acontece nesta sexta (24); por telefone, ao menos cinco unidades disseram ter o imunizante, contrariando os dados do site

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 24 dez 2021, 16h01 - Publicado em 24 dez 2021, 12h45

O Filômetro, site da Secretaria Municipal de Saúde da cidade de São Paulo que mostra como estão as filas dos postos de imunização na capital, indica que ao menos 15 deles não dispõem da vacina contra o H1N1, a vacina da gripe. Em nota, a pasta negou que houvesse falta de imunizante na rede.

A imunização foi retomada às 7h desta sexta-feira, véspera de Natal, devido à explosão de casos de síndrome gripal, que, segundo uma médica integrante do alto escalão da pasta, já indica surto da doença.

A vacinação foi retomada apenas para públicos prioritários e que não tomaram a vacina da gripe neste 2021. Eles englobam crianças, pessoas acima de 60 anos, gestantes e puérperas –aquelas que deram a luz há 45 dias– além de lactantes.

+ Gripe se espalha para o litoral às vésperas de festas de final de ano

A prefeitura informou que recebeu a doação de 1 milhão de doses de vacina contra a Influenza do Instituto Butantan. Dese total, 400 mil foram distribuídas às 469 UBSs (unidades básicas de saúde) e nas 82 AMAs/UBSs (Assistência Médica Ambulatorial/Unidades Básicas de Saúde) da rede. Elas irão funcionar até as 19h desta sexta-feira.

Segundo o Filômetro, os pontos de vacinação que apresentam falta de imunizante são os seguintes:

  •  Humaitá;
  •  Jardim Santa Terezinha;
  •  Recanto Verde do Sol;
  •  Jardim Indaiá;
  •  AE Carvalho;
  •  Jardim Fanganiello;
  •  Jardim dos Eucaliptos;
  •  Jardim Silva Telles;
  •  Morada do Sol;
  •  Vila Santa Maria;
  •  Jardim Colombo;
  •  Jardim Macedônia;
  •  Alcina Pimentel Piza;
  •  Chácara do Conde;
  •  Chácara Santa Maria

Em contato com os postos, cinco deles disseram que têm, sim, o imunizante.

Continua após a publicidade

+Amor na pandemia: histórias apaixonantes de casais que se uniram na crise

Ao monitorar todos os pontos de vacinação, a reportagem constatou que poucos pontos tem pequenas filas. Em geral, a procura está baixa neste primeiro dia de vacinação contra a gripe na maior parte dos postos.

Abastecidos

A Secretaria Municipal de Saúde informou que todos os pontos de vacinação foram abastecidos na sexta-feira.

Segundo a pasta, as equipes das unidades apontadas pela reportagem foram contatadas. Elas fizeram a verificação e “houve reforço na orientação em relação à importância de atualização de informações do sistema conforme orientação da pasta”, informa trecho da nota.

A pasta lembrou que nos feriados deste sábado, de Natal (25), e do Ano Novo, no dia 1º de janeiro de 2022, não haverá vacinação.

Continua após a publicidade

Quem pode se vacinar

A campanha de vacinação contra a gripe deste ano imunizou 4,5 milhões de pessoas e cobriu 74,7% do público-alvo, cifra considera baixa por especialistas. É por isso que a imunização está sendo retomada para esse público inicialmente.

Pessoas com 60 anos ou mais e crianças a partir de 6 meses até 6 anos de idade devem apenas apresentar o documento de identificação e a carteira de vacinação.

Para as gestantes, além desses documentos, é necessário apresentar algum documento, tal como a carteira de acompanhamento da gestante/pré-natal ou laudo médico. No caso das puérperas ou lactantes, a declaração de nascimento da criança ou a certidão de nascimento.

A prefeitura não informou quando e se outras pessoas além do grupo prioritário receberão a vacina.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.