Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ferroviários da CPTM entram em greve por reajuste salarial

Quatro linhas foram afetadas e houve aglomerações nas estações

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 15 jul 2021, 10h24 - Publicado em 15 jul 2021, 10h12

Ferroviários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) entraram em greve nesta quinta-feira (15) em São Paulo e a paralisação afetou o funcionamento dos trens. A categoria reivindica aumento salarial.

De acordo com a CPTM, não houve acionamento do sistema Paese, quando ônibus fazem o trajeto do trem, porque os percursos eram muito longos.  A companhia informou que pediu reforço da frota municipal para a SPTrans.

As linhas afetadas pela greve são: 7-Rubi, 8-Diamante, 9-Esmeralda e 10-Turquesa.

+ Vila Olímpia se torna a primeira estação de trem sustentável do Brasil

Veja a situação: 

  • Linha 7- Rubi: trens circulam entre a estação Palmeiras-Barra Funda e a estação Caieiras
  • Linha 8- Diamante: trens circulam entre a estação Palmeiras-Barra Funda e a estação Barueri
  • Linha 9- Esmeralda: parada
  • Linha 10- Turquesa: trens circulam entre a estação Prefeito Celso Daniel-Santo André e a estação Tamanduateí

Muitos usuários foram pegos de surpresa e houve filas e aglomerações nas estações.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade