Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Em protesto, grupo ocupa o gabinete da Presidência da Câmara

Manifestantes se opuseram à votação que determinou aumento de 26,3% no salário dos vereadores

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 21 dez 2016, 09h07 - Publicado em 21 dez 2016, 08h54

Após a sessão que aprovou o aumento de 26,3% do salário dos vereadores de São Paulo, manifestantes ocuparam na noite desta terça-feira (20), o gabinete da Presidência da Câmara, pedindo a revogação da decisão. Eles exigiam uma conversa com o presidente, Antônio Donato (PT).

A assessoria de Donato enviou nota afirmando que o parlamentar se reuniu com os ativistas, mas não falou sobre rever o aumento.

+ Roger Abdelmassih está internado em São Paulo

Ele agendará conversa com o vereador Milton Leite (DEM) para “discutir formas de assegurar a execução das dotações voltadas para a Cultura na periferia, já incluídas no Orçamento”. O grupo deixou a Casa na sequência. (Estadão Conteúdo)

Confira como cada vereador votou:

A favor do aumento: Abou Anni (PV), Adilson Amadeu (PTB), Adolfo Quintas (PSD), Alfredinho (PT),  Antonio Donato (PT), Arselino Tatto (PT),  Atilio Francisco (PRB), Celso Jatene (PR), Claudinho De Souza (PSDB), Conte Lopes (PP), Dalton Silvano (DEM), David Soares (DEM), Eduardo Tuma (PSDB), Gilson Barreto (PSDB), Jair Tatto (PT), Jonas Camisa Nova (DEM), Juliana Cardoso (PT), Milton Leite (DEM), Nelo Rodolfo (PMDB), Noemi Nonato (PR), Paulo Fiorilo (PT), Paulo Frange (PTB), Quito Formiga (PSDB), Reis (PT), Ricardo Teixeira (PROS), Senival Moura (PT), Souza Santos (PRB), Toninho Paiva (PR), Vavá (PT), Wadih Mutran (PDT).

Contra o aumento: Andrea Matarazzo (PSD), Aurélio Miguel (PR), Aurelio Nomura (PSDB), José Police Neto (PSD), Mário Covas Neto (PSDB), Gilberto Natalini (PV), Masataka Ota (PSB), Patrícia Bezerra (PSDB), Ricardo Nunes (PMDB), Salomão Pereira (PSDB), Toninho Vespoli (PSOL).

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês