Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Doria pede desculpas por viagem a Miami

"Não tenho compromisso com o erro", disse o governador, em vídeo divulgado nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 dez 2020, 16h26 - Publicado em 24 dez 2020, 16h24

O governador João Dória (PSDB) pediu desculpas, em vídeo divulgado nas redes sociais, pela viagem feita a Miami na quarta-feira (23), que gerou repercussões negativas no Brasil.

O tucano tinha anunciado um período de dez dias de férias na cidade americana, onde também daria duas palestras.

Após a repercussão negativa da viagem, feita justamente quando o estado se encontra de volta à Fase Vermelha da quarentena, Doria decidiu regressar ao Brasil em menos de 24 horas.

Ele justificou o retorno antecipado com o fato de que seu vice, Rodrigo Garcia, anunciou estar contaminado pela Covid-19. Mas a repercussão geral foi de que houve um erro político em fazer a viagem nesse momento.

Nesta quinta (24), no vídeo postado na internet, ele afirma que “não tenho compromisso com o erro” e pede desculpas a aqueles que entenderam na viagem um sinal de descompromisso.

“Desculpas a aqueles que imaginaram que eu estivesse deixando a cidade de São Paulo depois de medidas restritivas para desfrutar de uma vida confortável e com menos restrições em Miami”, ele disse. “Não houve esse gesto de minha parte, mas mesmo assim peço desculpas”.

Veja o vídeo completo neste link.

 

Continua após a publicidade
Publicidade