Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Doria inaugura paredão verde na 23 de Maio

O jardim vertical de 6 quilômetros de extensão foi construído em pareceria com uma empresa privada

Por Ana Carolina Soares Atualizado em 5 ago 2017, 23h29 - Publicado em 5 ago 2017, 15h29

O prefeito de São Paulo, João Doria, participou na manhã deste sábado (5) da inauguração de um jardim vertical de 6 quilômetros de extensão na Avenida 23 de Maio, na Zona Sul.

O corredor verde reúne 11 000 metros quadrados e 251 000 mudas. O projeto faz parte de um Termo de Compensação Ambiental com a construtora Tishman Speyer, que desmatou uma área no Morumbi. O projeto custou R$ 9,7 milhões.

Na inauguração, Doria afirmou que preservou sete painéis de grafite e que sua gestão plantou mais árvores até agora que em toda a gestão anterior — até o fim do ano, prometeu 200 mil árvores. O prefeito disse ainda que serão construídos pelo menos dois outros corredores verdes na cidade.

Em entrevista coletiva, Doria chegou a discutir com o jornalista Jean Raupp, da Rede Globo. O repórter questionou o prefeito a respeito das críticas que especialistas fazem ao projeto. Segundo ambientalistas, os painéis verdes não substituiriam o plantio de árvores.

“Se você quiser discutir plano de governo e gestão ambiental, faça seus planos e se candidate nas próximas eleições”, disse Doria.

Continua após a publicidade
Publicidade