Clique e assine por apenas 6,90/mês

“Eu poderia ter morrido de dor”, diz Milton Neves

Apresentador da Band foi operado às pressas

Por Sérgio Quintella - 29 jan 2020, 12h06

O jornalista e apresentador Milton Neves, da Band, vai voltar aos microfones da Rádio Bandeirantes (RB) nesta quinta-feira (30), após quase uma semana em tratamento para a retirada de cálculos renais. Na última sexta-feira (24), durante exames de rotina, médicos do Hospital Sírio-Libanês descobriram que uma pedra estava prestes a obstruir o canal da uretra. A cirurgia, realizada no dia seguinte, o impediu de apresentar seus dois programas dominicais (na TV e na RB), apesar de continuar fazendo boletins diários, via telefone, para as rádios do grupo.

“Fui ao hospital para fazer um check-up, pois eu tinha duas hérnias na região abdominal. No ultrassom, viram uma pedra enorme e a médica falou que eu deveria estar urrando de dor, pois ela estava em uma ‘encruzilhada’ e milagrosamente não passou”, diz Neves à Vejinha, enquanto chacoalhava o pote com os fragmentos tirados de seu organismo. “Olha o barulho, parecem dois feijõezinhos.”

Após a retirada de um cateter, ocorrida na terça-feira (28), Neves prepara as malas para uma viagem de uma semana a Nova York, ao lado da família, durante o Carnaval. “Imagina se eu sentisse dor no avião? Eu poderia morrer de dor.” Agora a recomendação médica é tomar muita água e evitar proteínas animais em excesso. “Fiz muita propaganda de água mineral na vida, e agora vou precisar beber mais água do que nunca.”

Publicidade