Desta vez de uniforme cinza, João Doria limpa ponto de ônibus

Este é o terceiro uniforme diferente que Doria veste para participar das ações de limpeza na cidade

Dessa vez vestido de uniforme cinza, o mesmo usado pelos funcionários da SPObras, o prefeito João Doria limpou e pintou um ponto de ônibus na manhã deste sábado (21) na Avenida Santo Amaro, na Zona Sul, durante mais uma ação do projeto Cidade Linda, que busca revitalizar espaços públicos na cidade.

Este é o terceiro uniforme diferente que Doria veste para participar das ações. O primeiro foi o de gari para varrer a Praça 14 Bis, na Avenida Nove de Julho, no segundo dia do ano.

No final de semana passado, ele e parte de seu secretariado apareceram vestidos de laranja igual aos funcionários que fazem podas de árvores, roçagem, entre outras funções de limpeza da cidade. Na ocasião, Doria também varreu parte da via e apagou pichações com um equipamento especial.

Processo

O prefeito João Doria (PSDB) anunciou neste sábado (21) que irá recorrer da decisão da Justiça que proibiu o aumento da velocidade nas marginais. Ele afirmou que a prefeitura entrará com recurso nesta segunda-feira (23).

“Há confiança absoluta de que vamos reverter essa decisão liminar. Pois a confiança que temos nos estudos técnicos preparados pela equipe da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), sob o comando do Sergio Avelleda (secretário de Transportes) serão absolutamente suficientes para convencer os juízes”, disse. Doria também afirmou que a campanha sobre o aumento das velocidades nas marginais com a participação do ex-piloto Emerson Fittipaldi está suspensa até nova decisão judicial.

O juiz Luis Manoel Fonseca Pires, da 4.ª Vara da Fazenda Pública acolheu na sexta-feira (20) pedido de liminar feito em ação movida pela Associação de Ciclistas Urbanos da Cidade de São Paulo (Ciclocidade), que argumentava que o aumento das velocidades traria risco ao trânsito, especialmente para ciclistas e pedestres. Os novos limites, uma das principais promessas de campanha do tucano, entrariam em vigor a partir da próxima quarta-feira, 25, dia do aniversário da cidade.

Doria anunciou ainda que a prefeitura conseguiu 5 500 empregos para pessoas em situação de rua, sendo que 5 000 vagas são para o setor de conservação e limpeza. “Quinhentos empregos já começam a ser praticados esta semana”, disse. Segundo ele, o objetivo é conseguir 20 000 empregos para moradores de rua. O critério para seleção “é ter vontade de trabalhar”.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s