Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Deputado Fernando Cury é expulso do Cidadania por importunação sexual

O deputado foi flagrado apalpando a deputada Isa Penna (PSOL) na Alesp em dezembro de 2020; decisão foi tomada nesta segunda-feira (22)

Por Redação VEJA São Paulo 23 nov 2021, 17h12

O deputado estadual Fernando Cury foi expulso nesta segunda-feira (22) do Cidadania por importunação sexual. Fernando Cury foi filmado pelas câmeras da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), em dezembro de 2020, apalpando a deputada Isa Penna, do PSOL.

O deputado já havia tido seu mandato suspenso por 6 meses em abril deste ano. Naquele mesmo mês, a Justiça de São Paulo determinou que ele fosse intimado por importunação sexual, mas só conseguiu localizá-lo no início de outubro, quando Fernando Cury voltou às atividades como parlamentar.

+ O sumiço do deputado afastado Fernando Cury

Em nota enviada à Agência Brasil, Isa Penna declarou que “hoje o partido Cidadania não respondeu a mim, não respondeu ao Fernando Cury. Hoje o Cidadania respondeu a todas mulheres que se sentiram assediadas junto comigo há quase um ano atrás”.

O presidente do Cidadania, Roberto Freire, também se pronunciou sobre a decisão. “Demorou. Já deveríamos ter resolvido isso. Lamentavelmente, ele foi ao judiciário discutir uma questão que é político-partidária e obteve liminar adiando um processo que deveria ser mais ágil”.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Continua após a publicidade

Publicidade