Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Dentro de carros, manifestantes pedem “Fora Doria” na Avenida Paulista

Ao menos 100 veículos fizeram carreata e buzinaço para criticar governador e demonstrar apoio ao presidente Bolsonaro neste sábado (18)

Por Sergio Quintella e Pedro Carvalho Atualizado em 19 abr 2020, 16h43 - Publicado em 18 abr 2020, 17h13

Uma carreata na região da Avenida Paulista, na tarde deste sábado (18), pedia a saída do governador João Dória (PSDB) e demonstrava apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Dentro de carros, manifestantes fazeram um buzinaço, ecoam gritos de “Fora Doria” e “Viva Bolsonaro” e exibiam cartazes que pedem o fim da quarentena e fazem críticas à imprensa.

A fila, de pelo menos 100 veículos, subiu a Avenida Rebouças, atravancando o trânsito na entrada para ambulâncias do Incor e Hospital das Clínicas, onde se concentra o maior número de pacientes internados em decorrência do novo coronavírus. Seguiu depois pela Paulista. Alguns veículos levavam até cinco pessoas, o que contraria as recomendações de distanciamento social das autoridades de saúde.

Veículo pede o fim do isolamento social na cidade Sergio Quintella / Veja SP/Veja SP

No início da noite, alguns manifestantes deixaram os carros e se concentraram em frente ao prédio da Fiesp. Faixas de trânsito da Paulista foram interditadas nos dois sentidos da via.

Jair Bolsonaro e João Doria têm mostrado posicionamentos diferentes para lidar com o novo coronavírus. Enquanto o governador defende o isolamento social e prorrogou a quarentena até 10 de maio no estado, o presidente quer acelerar a volta do funcionamento do comércio.

 

Continua após a publicidade
Publicidade