Clique e assine com até 89% de desconto

Covas afasta direção do Hospital do Servidor Público

Em nota, a Prefeitura fala em "inadmissíveis condições" e promete criar uma comissão externa de apuração e investir R$ 13 milhões em uma reforma emergencial

Por Estadão Conteúdo 13 abr 2019, 10h08

Após reportagem da TV Globo, que mostrou problemas de atendimento no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo (HSPM), a gestão Bruno Covas (PSDB) determinou o afastamento da atual direção do complexo. Em nota, a Prefeitura fala em “inadmissíveis condições” e promete criar uma comissão externa de apuração e investir R$ 13 milhões em uma reforma emergencial. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Publicidade