Covas afasta direção do Hospital do Servidor Público

Em nota, a Prefeitura fala em "inadmissíveis condições" e promete criar uma comissão externa de apuração e investir R$ 13 milhões em uma reforma emergencial

Após reportagem da TV Globo, que mostrou problemas de atendimento no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo (HSPM), a gestão Bruno Covas (PSDB) determinou o afastamento da atual direção do complexo. Em nota, a Prefeitura fala em “inadmissíveis condições” e promete criar uma comissão externa de apuração e investir R$ 13 milhões em uma reforma emergencial. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s