Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Concepção da Raí+Velasco vale R$ 1,2 milhão pela reforma do Pacaembu

A Raí+Velasco atendeu ao chamamento da Prefeitura de São Paulo para apresentar soluções de uso para o estádio municipal

Por Estadão Conteúdo 26 mar 2019, 08h21

O projeto aprovado para a reforma do Pacaembu saiu do trabalho de meses de Raí com seu sócio Paulo Velasco. A Raí+Velasco atendeu ao chamamento da Prefeitura de São Paulo para apresentar soluções de uso para o estádio municipal. Pelo trabalho, a Raí+Velasco vai receber cerca de R$ 1,2 milhão da concessionária que ganhou a licitação do estádio.

A partir desse pagamento, o projeto passa a pertencer à Progen, que tem prerrogativas para fazer as modificações que achar necessárias. A Raí+Velasco é uma empresa de gestão de marcas e desenvolvimento de negócios nas áreas de esportes, cultura e design. Ela foi pré-selecionada entre cinco escolhidas para apresentar sugestões de mudanças no Pacaembu. Em edital do Diário Oficial, a Prefeitura de São Paulo abriu concessão do local para a iniciativa privada. O então prefeito João Doria deu o pontapé inicial ao processo de privatização de algumas áreas do município. Agora governador, ele deixou a tarefa para seu sucessor Bruno Covas.

O edital de concessão do Pacaembu não englobou o Museu do Futebol, que pertence ao governo do Estado, e a administração da Praça Charles Miller.

A convocação da qual Raí participou era para que os interessados enviassem projetos sobre investimentos, novas formas de uso e fontes de receitas ao Pacaembu. Na ocasião, o ex-jogador ainda não era diretor de futebol do São Paulo. Seu projeto sempre trabalhou com a ideia de demolir o tobogã, reduzindo, assim, a capacidade do Paulo Machado de Carvalho.

O projeto “comprado” pela concessionária, que ofereceu R$ 111 milhões na licitação, trabalha com a ideia de construir na área onde estava o tobogã, setor mais popular do campo, centros culturais e de serviço, com parte subterrânea para eventos fechados, e uma grande área de circulação de pessoas.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês