Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Comitê flagra diversas festas lotadas em vários pontos de São Paulo

Em Itaquera, uma balada reuniu mais de 200 participantes, muitos sem máscara

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 26 abr 2021, 16h48 - Publicado em 26 abr 2021, 16h47

O Comitê de Blitz, formado pela Vigilância Sanitária, Procon e agentes de segurança, flagrou diversas festas clandestinas ocorrendo neste final de semana na Grande São Paulo. Festas e aglomerações estão proibidas em todo o estado paulista por causa da pandemia de Covid-19, uma vez que favorecem a disseminação do novo coronavírus.

Em uma destas festas, o comitê flagrou 206 pessoas em uma festa em Itaquera, na zona leste da capital, na noite de ontem (25). Na ação, seis pessoas foram detidas, entre elas, o proprietário do local. O estabelecimento foi interditado.

Já em Carapicuíba, a Polícia Civil flagrou uma festa clandestina com 112 pessoas. Durante a ação de fiscalização, quatro pessoas foram detidas em flagrante, entre elas, os organizadores do evento. Segundo a polícia, as pessoas não respeitavam o distanciamento social e nem mesmo usavam máscara de proteção, o que desrespeita as regras impostas no Plano São Paulo. O local foi lacrado e multado pela Vigilância Sanitária.

Também neste final de semana, o comitê flagrou 117 pessoas bebendo e dançando, desrespeitando as regras que impedem aglomerações. A festa ocorria na rua Baronesa de Bela Vista, no Campo Belo, zona sul da capital. Sete pessoas foram detidas, entre elas, o proprietário do bar e restaurante.

Na madrugada de ontem, os agentes de fiscalização encontraram 150 pessoas aglomeradas em um bar na região de Arincaduva, zona leste de São Paulo. Na ação, 17 pessoas foram detidas, inclusive o proprietário do bar. No local, ocorria uma festa com DJ e banda.

Neste domingo, a taxa de isolamento social em todo o estado de São Paulo foi de 49%, ainda abaixo do que as autoridades de saúde consideram ideal para diminuir a propagação do novo coronavírus, que é acima de 55%.

Apesar do estado ter registrado queda nos indicadores de internações, mortes e de novos casos de Covid-19, os índices ainda são muito altos, acima do pico registrado no ano passado. Por isso, as autoridades dizem que é importante que a população siga utilizando máscara e evitando festas e aglomerações. Essas medidas, aliadas à vacinação, ajudam a controlar a disseminação do vírus.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade