Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Campanha arrecada cestas básicas para catadores de lixo em São Paulo

Ação recebe doações para compra de cestas básicas que serão dadas aos funcionários de 30 cooperativas de reciclagem na cidade

Por Humberto Abdo 6 abr 2020, 15h54

Trinta cooperativas de reciclagem em São Paulo participam de ação solidária para doar cestas básicas a cerca de 750 famílias de catadores de itens recicláveis. Com a meta de arrecadar R$ 49 mil, a campanha de financiamento coletivo é conduzida pelo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, grupo responsável por organizar a atividade de catadores de materiais recicláveis no Brasil.

“Buscamos ajuda emergencial diante da pandemia provocada pelo coronavírus e consequente reflexo sobre o trabalho de nossas organizações na cidade”, descreve a campanha, que destaca os riscos de contaminação dos catadores ao manusear materiais recicláveis nas coletas de lixo. “Dados científicos sobre a resistência do vírus sobre superfícies divulgados por especialistas acendem um sinal de alerta.”

+Assine a Vejinha por 14,90 mensais.

De acordo com estudo publicado pelo periódico The Journal of Hospital Infection, o coronavírus pode sobreviver por até 48 horas em superfícies de aço, duas a oito horas em alumínio, quatro dias em madeira ou vidro e até cinco dias em plásticos.

A campanha contempla integrantes de cooperativas como a Coopere, do Bom Retiro, e a Coopamare, de Pinheiros. Para fazer doações, com valores que vão de R$ 20 a R$ 5 000, clique aqui.

Várias campanhas têm sido divulgadas pela Veja São Paulo durante a quarentena com a hashtag #VejinhaApoia e envolvem doações de cestas básicas, atendimento médico virtual e até redes de auxílio entre vizinhos. Para conferir a lista de iniciativas, clique aqui.

Continua após a publicidade

Publicidade