Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Após deixar UTI, Covas compartilha foto ao lado do filho

Prefeito foi extubado depois dos médicos estancarem sangramento no estômago; tucano agradeceu mensagens de solidariedade

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 4 Maio 2021, 19h10 - Publicado em 4 Maio 2021, 19h07

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), compartilhou na noite desta terça-feira (4) uma foto ao lado do filho, Tomás, após ser transferido da UTI para uma unidade semi-intensiva no Hospital Sírio Libanês. O tucano está internado desde o último domingo (2), depois de sofrer um sangramento no estômago.

Covas se licenciou da prefeitura para cuidar de sua saúde: desde 2019 ele luta contra um câncer na região de transição do esôfago para o estômago. O prefeito chegou a ser intubado para tratar o sangramento, mas foi extubado na segunda (3). A equipe médica considera o sangramento como um evento pontual que já foi superado.

Fora da UTI, ele escreveu no Instagram: “mais uma batalha vencida. Agradeço a todas as orações, as mensagens de carinho. Peço desculpas por não conseguir responder a tantas mensagens que chegam por aqui”. No texto, Covas também mencionou Ricardo Nunes, seu vice, que assumiu a prefeitura.

“Agradeço ao Ricardo e toda nossa equipe da Prefeitura que vêm cumprindo nossa diretriz de não deixar parar nada e avançar com o trabalho”.

View this post on Instagram

Continua após a publicidade

A post shared by Bruno Covas (@brunocovas)

As sessões de quimioterapia e imunoterapia do prefeito foram suspensas. Em fevereiro deste ano o tucano passou por um nov tratamento quimioterápico após os médicos descobrirem um novo nódulo no fígado. Em abril, exames mostraram novos pontos da doença no fígado e nos ossos. Ele chegou a receber alta do Sírio Libanês no dia 27 de abril, mas voltou a ser internado após o sangramento.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade