Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Assédio sexual é mais grave que superlotação, diz pesquisa

Segurança contra abusos dentro dos coletivos foi avaliada como 'ruim/péssima' por 60% dos usuários do transporte público na capital

Por Thaís Oliveira Atualizado em 20 set 2017, 17h07 - Publicado em 20 set 2017, 16h44

O assédio sexual é o principal problema do transporte público, segundo um estudo da Rede Nossa São Paulo feito em parceria com a organização Cidade dos Sonhos. A segurança em relação ao abuso dentro dos coletivos foi o item mais mal avaliado entre as catorze questões da pesquisa: cerca de 60% dos usuários a apontaram como ‘péssima’. Entre os outros temas abordados estão lotação, tarifas e demora nas viagens.

Foram ouvidos 1602 homens e mulheres com idades a partir dos 16 anos entre os dias 27 de agosto e 11 de setembro.

Os recentes casos de violência sexual dentro dos coletivos ajudaram a confirmar essa tendência. No início do mês, foi preso o ajudante geral Diego Ferreira de Novais, que tinha dezessete passagens por crimes similares, o mais antigo deles registrado em 2009. As histórias de Novais vieram a público depois que ele foi detido (e liberado) por ejacular em uma passageira na Avenida Paulista no dia 29 de agosto.

A insegurança quanto a assédios é mais sentida pelos passageiros que moram mais longe da região central e tem menor renda e escolaridade. Entre os usuários que só cursaram o ensino fundamental, por exemplo, 74% das respostas apontaram esse problema como o mais importante. Entre quem tem renda familiar de até dois salários mínimos, o mesmo resultado chegou a 60%.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês