Clique e assine por apenas 6,90/mês

Aquário de São Paulo reabre ao público com medidas de segurança

O parque tem como grande atração o casal de ursos polares Aurora e Peregrino, vindos da Rússia

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 3 set 2020, 09h43 - Publicado em 3 set 2020, 09h34

O Aquário de São Paulo irá retomar as atividades a partir do próximo sábado (5). A reabertura seguirá medidas de segurança para reduzir o risco de contágio pelo novo coronavírus.

A ocupação máxima será de 40% da capacidade total e as visitas devem ser agendadas. Além disso, haverá medição de temperatura na entrada do complexo e o uso de máscaras será obrigatório.

O parque tem como grande atração um casal de ursos polares, vindos da Rússia. Aurora e Peregrino vivem em um recinto climatizado de 1500 metros quadrados. Também são novidades bichos provenientes de regiões como Austrália, África e Indonésia. São cangurus, equidnas, vombates e leões-marinhos.

Há ainda lêmures, que ganharam fama com o personagem Rei Julien do filme Madagascar (2005), e suricatos, similares a Timão, do desenho O Rei Leão (1994).

A venda de ingressos é exclusivamente online no site aquariodesaopaulo.com.br. Entradas para crianças de até 12 anos custam R$ 70 reais; para adultos, R$ 100.

Continua após a publicidade
Publicidade