Apresentadora é atacada por apoiar proibir crianças em restaurantes

Post no Facebook deu tanta repercussão que foi apagado

Raiza Costa, apresentadora dos programas culinários Dulce Delight e Rainha da Cocada, causou revolta na internet ao dizer que não há nada de errado em restaurantes proibirem a entrada de crianças menores de 14 anos. “Não acho que deveria ser regra, mas não vejo nada demais alguns estabelecimentos proporcionarem momentos românticos sem incluir show de break dance esperneando no chão regado à (sic) berros”, escreveu. 

+Desfile-manifesto coloca mulheres trans na passarela

O post no Facebook gerou tanta repercussão que a apresentadora o apagou. Ela foi muito criticada nas redes sociais, especialmente por ter dito que pais que pagam babá para cuidarem de seus filhos não “são obrigados a aturar choro do filho alheio”.

Depois, Raiza fez mais um post, que também foi apagado. Neste, ela mudou de assunto e disse que era preocupante que as mulheres que comentaram na postagem anterior tivesse formulado frases como “onde as mães vão levar seus filhos”, sem se referirem aos pais.

“Pra mim, mais preocupante que o restaurante que não aceita menores de 14 anos são mulheres que assumem que a responsabilidade de um filho é somente delas”, escreveu a apresentadora.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s