Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Aos 16 anos, Stephanie Balduccini conquista vaga em Tóquio

Ela é a mais jovem atleta da equipe olímpica da natação brasileira desde Ricardo Prado, que competiu em 1980 aos 15 anos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 jun 2021, 11h26 - Publicado em 5 jun 2021, 11h24

Stephanie Balduccini conquistou vaga olímpica no revezamento 4 por 100 metros nado livre feminino. Aos 16 anos, ela é a mais jovem atleta da equipe olímpica da natação brasileira desde Ricardo Prado, que competiu nos Jogos de Moscou em 1980. Na época, Prado nadou os 400 metros medley com 15 anos.

A jovem fez o terceiro melhor tempo na seletiva aquática, realizada no Parque Aquático Maria Lenk, no Rio de Janeiro. Assim, conseguiu participação no grupo de revezamento 4 por 100 metros, que nadou junto e fez o tempo final. Desde então, ela esperava o fechamento da janela de seletivas pelo mundo. Na última sexta (4), a FINA (Federação Internacional de Natação) formalizou a convocação oficial do Brasil.

+ Atletas olímpicos a viver rotinas extras de ansiedade

Stephanie integrou reportagem de capa de VEJA SÃO PAULO sobre a preparação dos atletas para os jogos de Tóquio publicada há uma semana. Na ocasião, ela disse que sentia que ninguém a levava muito a sério.

“Na seletiva era todo mundo mais velho do que eu. Estava um clima difícil, uma situação desconfortável, ninguém me olhava nos olhos nem me levava muito a sério. Fiquei com a minha mãe, que é meu porto seguro”, contou a menina que nada desde os 6 meses de vida ao lado do pai e treina no Clube Paineiras do Morumby.

Abaixo, assista uma entrevista com Stephanie feita pelo repórter Sérgio Quintella.

View this post on Instagram

A post shared by VEJA SÃO PAULO (@vejasp)

Continua após a publicidade

Publicidade