Clique e assine por apenas 6,90/mês

Anvisa proíbe venda de lote de frango desfiado contaminado

De acordo com a agência, testes detectaram a presença de um tipo de bactéria que pode causar meningite. Produto era vendido a indústrias e restaurantes

Por Redação VEJA São Paulo - 26 Apr 2018, 17h04

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda e distribuição de um lote de peito de frango desfiado da marca D+ Alimentos, pela presença de bactérias.

A carne era vendida pré- cozida e congelada para utilização em salgados, massas, pizzas e outros itens alimentícios feitos por indústrias ou estabelecimentos comerciais.

De acordo com a agência, testes detectaram a presença da Listeria monocytogenes no lote 0320 do produto. Esse tipo de bactéria pode causar doenças como meningite em seres humanos.

Ainda segundo a Anvisa, o comunicado de recolhimento partiu da própria companhia, que tem tem sede adminstrativa em Santana, na Zona Norte da capital. A fábrica fica no município de Jaú.

Confira o comunicado:
“O lote continha 592kg, foi destinado a um único cliente e recolhido logo após o resultado da análise. Nossa empresa não faz venda ao consumidor final apenas a empresas que industrializam utilizando de nossa matéria prima.”

Publicidade