Clique e assine por apenas 5,90/mês
Vida Boa Por Bárbara Öberg A repórter Bárbara Öberg fala sobre bem estar, exercícios, saúde e novidades para melhorar a rotina.

Quatro filmes recentes com histórias de mulheres determinadas

Elas enfrentaram contratempos com garra; confira a seleção

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 5 fev 2020, 14h02 - Publicado em 15 jun 2018, 06h00

Oito Mulheres e Um Segredo. Enganada pelo namorado, a personagem de Sandra Bullock sai da cadeia disposta a roubar um valioso colar de diamantes. Acompanhada de um grupo estrelado de mulheres, ela pretende enriquecer e dar o troco ao ex.

Aquarius. É difícil imaginar o que seria do drama sem Sonia Braga. A atriz interpreta Clara, a última moradora do antigo prédio que dá nome ao filme. Pressionada a vender o imóvel, ela recusa a proposta e entra em guerra contra uma construtora.

Sônia Braga no filme ‘Aquarius’, de Kleber Mendonça Filho Divulgação/Veja SP

Estrelas Além do Tempo. Conta a história real de três mulheres que enfrentaram o preconceito racial nos Estados Unidos no início da década de 60. Funcionárias negras da Nasa, elas conseguiram quebrar barreiras.

Octavia Spencer, Taraji P. Henson e Janelle Monáe no filme ‘Estrelas Além do Tempo’, de Theodore Melfi Divulgação/Veja SP

A Grande Jogada. O longa foi baseado no livro autobiográfico de Molly Bloom. Esquiadora olímpica, ela sofreu um acidente e virou secretária. Não demorou para entrar no mesmo negócio do patrão, comandando jogos de pôquer clandestinos para ricos e famosos.

Jessica Chastain e Idris Elba no filme ‘A Grande Jogada’, de Aaron Sorkin Divulgação/Veja SP
Continua após a publicidade
Publicidade