Clique e assine por apenas 6,90/mês
Viajar e Curtir Por Blog Tudo o que é preciso saber antes de embarcar para a viagem dos sonhos

Dez segredos que você provavelmente não sabia sobre a Disney

Walt Disney World, em Orlando, atrai milhões de visitantes por ano; confira curiosidades sobre o lugar

Por Júlia Gouveia - Atualizado em 25 Jun 2017, 13h42 - Publicado em 9 Jan 2014, 18h50

Já comentei por aqui o quanto eu sou alucinada pela Disney? Sim, eu sei, existem milhares de outros lugares mundo afora, repletos de belezas naturais maravilhosas ou destinos lotados de atrações culturais que são verdadeiras aulas de história e blábláblá. Mas existe alguma coisa naqueles parques, algo, por assim dizer, mágico, que, ano após ano, continua a me deixar encantada – e não só eu, diga-se: o complexo da Walt Disney World, em Orlando, atrai cerca de 40 milhões de visitantes por ano. Para efeito de comparação, Paris recebe por volta de 30 milhões. Pois é.

+ Os looks bizarros das famosas nos aeroportos

Por isso que quando vi este post do BuzzFeed, com 33 segredos da Disney, me veio o clique: taí! É o cuidado com estes detalhes que transformam um “simples” parque de diversão em um lugar… mágico! Quer entender melhor o que estou falando? Selecionei algumas das “revelações” feitas pelo site que considero mais curiosas:

1. Os corredores subterrâneos secretos que existem no Magic Kingdom

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=AjCmoQRVHHo?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Continua após a publicidade

Este é meio lenda urbana, mas existe de verdade: todo o subsolo do Magic Kingdom (o parque do Castelo da Cinderela) é tomado por uma cidade subterrânea, por onde os funcionários transportam produtos, fantasias, lixo – tudo escondido dos visitantes para não acabar com a “magia” do lugar. A entrada, claro, é mega proibida. Estes corredores recebem o nome de Utilidors. Mas, para os mais curiosos, a própria Disney lançou o Keys to the Kingdom, um tour (pago à parte) pelos bastidores dos parques, que, entre outros lugares, visita o Utilidor.

2. Não há chiclete à venda em nenhuma das lojas dentro dos parques

As delícias que são vendidas nas lojas de doce da Disney – gomas de mascar, porém, são vetadas Divulgação

Preocupação com as cáries das criancinhas? Não exatamente. Deste jeito, evita-se que os porcalhões joguem chiclete no chão, grudem a guloseima embaixo dos bancos dos brinquedos etc.

3. As lixeiras ficam a cerca de trinta passos de distância uma da outra

Além de fofas, as diversas lixeiras ficam bem próximas uma das outras para os visitantes não terem desculpa de jogar lixo no chão Divulgação

 

Continua após a publicidade

Diz a lenda que Walt Disney visitou outros parques e percebeu que trinta passos é a distância máxima que as pessoas seguram lixo na mão antes de jogá-lo no chão.

4. No topo do Castelo da Cinderela, no Magic Kingdom, existe um quarto de princesa de verdade

Cataploft! E não é que existe um quarto de princesa na torre mais alta do Castelo da Cinderela? Divulgação

 

Continua após a publicidade

O interior do castelo é todo oco, mas há mesmo uma suíte digna de realeza montado no topo da torre. Conta a história que Walt Disney planejou o quarto para sua família. Infelizmente não há como se hospedar no local. O cômodo é usado apenas como prêmio em algumas promoções promovidas pela empresa.

5. Aromatizadores de ar ficam espalhados pelo parque para emitir cheiros que combinem com os brinquedos

Continua após a publicidade
Para dar aquele cheirinho aconchegante de cidade do interior, a Main Street tem aroma de baunilha e de cookies recém-assados Divulgação

RÁ! Sempre desconfiei. Na Main Street do Magic Kingdom, por exemplo, há um aroma  de baunilha e de “cookies assando no forno”; perto do Pirates of Caribbean, o cheirinho é de mar; no Soarin, do Epcot, o simulador solta no ar uma brisa cítrica quando o brinquedo “sobrevoa” os campos de laranja da Califórnia.

6. O chão colorido do Magic Kingdom

Na área do Frontierland, no Magic Kingdom, o piso tem o tom alaranjado: contraste garantido nas fotos Divulgação

 

Continua após a publicidade

O Magic Kingdom é dividido em seis áreas temáticas e cada uma delas têm o chão de uma cor. Pode parecer que a ideia é diferenciar as lands, mas, na realidade, após um estudo da Kodak com a Disney, chegou-se a conclusão de que o piso colorido deixa as fotos em tons mais vivos.

7. Os jardins malcuidados da Haunted Mansion, no Magic Kingdom

Continua após a publicidade
Até o “desleixo” do canteiro malcuidado da Haunted Mansion foi milimetricamente pensado Divulgação

Alguma coisa malfeita na Disney? Impossível. Ao contrário de todos os bem-aparados canteiros dos parques, na atração da Haunted Mansion, que simula uma casa mal-assombrada, o jardim do local não recebe manutenção para dar o aspecto de abandono.

8. Dragões no Animal Kingdom?

Leão, elefante e… dragão? A fera está no emblema do Animal Kingdom, mas a área dos animais mitológicos não foi para frente Divulgação

 

Continua após a publicidade

Quem olhar com atenção nas placas com o símbolo do Animal Kingdom, vai perceber que há um dragão entre os desenhos do elefante e do dinossauro. Isso porque havia a intenção de se construir uma área no parque dedicada aos animais mitológicos, porém a ideia não foi para frente.

9. A Árvore da Vida, no Animal Kigdom, é uma antiga plataforma de petróleo?

Continua após a publicidade
Dá para acreditar que há uma antiga plataforma de petróleo por debaixo da Árvore da Vida? Divulgação

Mito ou verdade? Alguns sites afirmam que a imensa árvore de 40 metros de altura, símbolo do parque, tem como esqueleto uma antiga plataforma de petróleo. Os engenheiros da Disney teriam chegado a um impasse: como construir uma árvore que parecesse uma árvore (por exemplo, que balançasse com o vento) e tivesse a capacidade para abrigar um teatro com 400 lugares? Eles descobriram que a estrutura da plataforma seria o ideal e, assim, com uma peça antiga produziram a imensa escultura.

10. Os Mickeys “subliminares” escondidos por todos os lados

Eles estão por toda parte: este Mickey pode ser visto no ralo do lago do Japão, no Epcot Divulgação

Esta é fácil e quem já foi para Disney deve ter reparado. Por todos os lados, há sempre o formato do rosto do Mickey (a cabeça e as duas orelhas redondas) escondido nos mais variados lugares. Esta caça aos “Hidden Mickeys” trata-se de uma espécie de brincadeira entre os visitantes e a Disney. Há especulações que existem mais de 1000 cabecinhas do ratinho espalhadas pelo complexo, nos hotéis e até nos navios da empresa.

Sabe de alguma mais curiosidade sobre os mistérios dos parques da Disney? Conte para a gente na caixa de comentários!

Publicidade