Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Viajar e Curtir Por Blog Tudo o que é preciso saber antes de embarcar para a viagem dos sonhos

Especial Inhotim, MG: onde ficar – Belo Horizonte ou Brumadinho?

Os turistas que visitam o Inhotim, maior complexo de arte contemporânea do mundo a céu aberto, se dividem em dois grupos: os que ficam em Brumadinho, onde está o museu, e os que ficam em Belo Horizonte, a capital mais próxima, a 65 quilômetros de distância. Eis as principais vantagens e desvantagens de cada escolha: BELO […]

Por Júlia Gouveia Atualizado em 27 fev 2017, 11h19 - Publicado em 5 mar 2013, 19h52

A obra T-téia, da artista carioca Lygia Pape: novidade do último ano no Inhotim (foto: Daniela Paoliello)

Os turistas que visitam o Inhotim, maior complexo de arte contemporânea do mundo a céu aberto, se dividem em dois grupos: os que ficam em Brumadinho, onde está o museu, e os que ficam em Belo Horizonte, a capital mais próxima, a 65 quilômetros de distância. Eis as principais vantagens e desvantagens de cada escolha:

BELO HORIZONTE

Vantagens:
– há uma maior variedade de hotéis
– as diárias das hospedagens costumam ser mais baixas
– há uma ótima oferta de restaurantes e bares para embalar a noite

Desvantagens:
– está mais longe do museu (a 65 quilômetros), com um trecho ruim de estrada
– cada trecho da viagem demora em média uma hora

Onde ficar:
Uma seleção de hotéis de grandes redes, bem localizados e com diárias a menos de 200 reais (preço para casal)

Mercure Lourdes
Diária: 189 reais

Um dos quartos do hotel: espigão em plena Avenida do Contorno

 

BH Platinum
Diária: 195 reais

Quarto do hotel: em frente ao shopping Diamond Mall e com uma ótima pizzaria no térreo

 

Ibis Liberdade
Diária: 169 reais

Continua após a publicidade

A fachada do Ibis: ao lado da Praça da Liberdade

 

BRUMADINHO

Vantagens:
– A distância do museu. A maioria das pousadas, mesmo sendo fazendas, fica a no máximo 15 minutos de carro. É a possibilidade de acordar com mais calma e ainda chegar antes dos demais turistas
– Não ter que enfrentar estrada cada dia que for ao museu
– Mergulhar no clima de cidade do interior

Desvantagens:
– As diárias dos hotéis e pousadas são caras para o que os estabelecimentos oferecem
– As opções de restaurantes para jantar e programas para fazer depois que o museu fecha é escassa (e fraca)

Onde ficar:
Algumas das melhores opções na cidade (preços para casal)

Fazenda Nova Estância
Tem uma piscina gostosa, quartos simples mas com enxoval caprichado e o melhor restaurante da cidade.
Diária: 350 reais

A sede da fazenda à noite: melhor restaurante dos arredores, só para hóspedes

 

Fazenda Horizonte Belo
Típico hotel fazenda com direito a cavalgadas e área de lazer para crianças com piscina e playground.
Diária: 380 reais, com café e jantar

A piscina do hotel: clima de fazenda, com direito a passeios a cavalo

 

Pousada Dona Carmita
Os chalés, simples e coloridos, ficam ao lado de um restaurante popular, na mesma propriedade.
Diária: 200 reais

Um dos chalés da pousada: privacidade e simplicidade

 
(fotos: divulgação)
 
LEIA TAMBÉM:
 
Continua após a publicidade

Publicidade