Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Val Marchiori - Hello! Por Blog O dia a dia da socialite mais comentada do momento

Consegui, finalmente, ter dias mais tranquilos — estou ao lado da minha família, no nosso sítio no Paraná, após muito trabalho em São Paulo.

Hello, meus amores, tudo bem? Consegui, finalmente, ter dias mais tranquilos — estou ao lado da minha família, no nosso sítio no Paraná, após muito trabalho em São Paulo. Estou voltando às minhas raízes, do lado de quem mais amo: e isso é sempre muito bom! Confesso que não não gosto de passar muito tempo no […]

Por Val Marchiori Atualizado em 27 fev 2017, 00h39 - Publicado em 2 set 2014, 14h19

foto

Hello, meus amores, tudo bem?

Consegui, finalmente, ter dias mais tranquilos — estou ao lado da minha família, no nosso sítio no Paraná, após muito trabalho em São Paulo. Estou voltando às minhas raízes, do lado de quem mais amo: e isso é sempre muito bom! Confesso que não não gosto de passar muito tempo no campo, já que fico com saudades de fazer umas comprinhas e dos meus restaurantes preferidos, mas poder passar dias mais calmos na natureza também é delicioso. Principalmente com muito champanhe, pessoas queridas, sem nenhum trabalho e um bom carteado, que eu adoro! Hello! Jogo muito bem — principalmente pôquer. Sei blefar muito bem e nunca tenho medo de ganhar, ainda mais quando tem dinheiro em jogo. Perder não é comigo não!

O melhor desses dias foi ver a alegria dos meninos, aproveitando o campo e os animais. É algo diferente para eles e que era tão comum na minha infância. Ao olhá-los andando a cavalo, me perguntei: “Como o estilo de vida deles pode ser tão diferente do meu?”. Eu praticamente nasci já sabendo montar e esta é apenas a primeira vez que eles enfrentam esse desafio. Por outro lado, eles nasceram sabendo mexer no computador e eu só fui ter contado com um, pela primeira vez, anos depois.

Falando em cavalos: fazia tempo que não montava em cima de um! Não sei nem quantos anos. Mas posso falar? Não perdi a habilidade! Fui um bom exemplo para os meus filhos. No fim das contas, é como andar de bicicleta: depois que aprende, não esquece mais!

Adorei ver os meninos felizes no campo, compartilhando um pouco do que vivi quando criança. E eles viram que, mesmo em cima do cavalo e com uma vida mais simples, dá para ser elegante sempre. Não perdi meu estilo nem na hora de montar o cavalo — sempre com glamour! E posso falar? Já era assim desde criança! Podia ser pobrinha, mas queria ser riquinha. O bom dos meninos é que eles andaram de cavalo a passeio, e não porque precisavam, como eu. Nem precisam sonhar em ser ricos!

Continua após a publicidade

Acho que voltaremos mais vezes, porque as crianças adoraram! E eu também adorei passar esses dias ao lado deles e dos nossos amigos — além, é claro, ao lado do meu maridão, que se dividia entre o trabalho e as horas de lazer com os meninos e muito amor comigo! Dias deliciosos e tranquilos, que me deixaram com mais saudade de São Paulo.

Mas não só de dias tranquilos vive uma mulher rica. Antes de viajar, tive um dia intenso (mas muito divertido) de gravação do quadro Elas Querem Saber, do Programa Raul Gil. Rodada dupla, com dois entrevistados: Sônia Abrão e David Brasil. Uma entrevista foi muito diferente da outra, tanto pelo estilo do entrevistado como por nós mesmo. Não sei se estávamos mais tranquilas, relaxadas, mas o papo com David fluiu melhor — apesar que com a Sônia também foi muito bom!

Ela é uma mulher de coragem, que defende suas opiniões, sem ter medo do que os outros vão pensar. Admiro muito isso nela. Mas, particularmente, não gosto do estilo do programa dela — e tem vezes que eu acho que ela pega muito nos pés dos famosos. Fico até com dó deles, e olha que eu adoro dar minhas alfinetadas também! Ela defendeu o seu programa e o sucesso que faz há tantos anos. Disse que o horário da tarde é um dos mais difíceis e concorridos da TV brasileira e, se mostra alguns casos mais fortes, é porque o publico gosta e quer saber mais. E o pior é que ela tem razão, mas acho triste quem gosta de ficar vendo sobre morte, assassinato, sequestro. Hello! Eu só quero saber de alegria e coisas boas! A vida já ée muito dura para querer saber de desgraças, quero só amor, felicidade e um champanhe gelado!

E alegria pura foi o nosso outro entrevistado, David Brasil. Como ele é divertido e engraçado! Tanto, que a entrevista com ele foi a mais longa de todos os programas até hoje: quase duas horas de gravação! Perguntávamos tudo e ele sempre demorava para concluir o pensamento. Gaguejava a cada frase! Agora, será que ele gagueja na hora de fazer amor? Kkkkk! Perguntei isso para ele, além de questionar a história de sua escolha como o muso da seleção brasileira de futebol. Como será que ele conseguiu esse título? O que ele teve que fazer? Posso falar? Foi uma das melhores gravações do quadro até agora! Ele foi ótimo e nós honrando o nome da atração, perguntado sobre tudo! Até das festinhas mais íntimas dos famosos e dos globais no Rio de Janeiro –tem cada história! Vocês vão a-do-do-do-rar, como diz o David! Kkkk.

Meus amores, gaguejando ou não, a vida não para! Tenho que ir, porque o mês de setembro só esta começando e muita coisa está por vir!

Que nunca nos falte o supérfluo,
Beijos com carinho,
Val

Continua após a publicidade

Publicidade