Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Tudo Sobre Cinema

Netflix: Ratched é uma das melhores séries que você verá em 2020

Inspirada no estilo de Alfred Hitch­cock, a trama é ambientada em 1947

Por Miguel Barbieri 17 set 2020, 10h43

É impressionante a capacidade de criação e produção de Ryan Murphy, hoje o nome mais celebrado da TV americana. Só neste ano, Murphy esteve por trás da segunda temporada de The Politician, da minissérie Hollywood e dos documentários Secreto e Proibido e Atrás da Estante. Ainda estão para estrear os longas The Boys in the Band e a comédia musical The Prom, com Nicole Kidman e Meryl Streep. Mas o assunto agora é a nova série Ratched, criada, dirigida (alguns episódios) e produzida por Murphy.

Seu novo trabalho tem como inspiração a enfermeira Mildred Ratched (Sarah Paulson), personagem do livro e do filme Um Estranho no Ninho. Mas apenas o nome e a profissão da protagonista remetem ao original. A trama, aqui, é focada em desvendar o passado de Mildred, numa história ambientada em 1947. Enfermeira que atuou na II Guerra, ela se instala num hotel à beira de um penhasco na pequena cidade litorânea de Lucia, na Califórnia.

Com uma carta falsa, a elegante e arrogante Mildred vai ao hospital psiquiátrico local para uma entrevista de emprego com o diretor, o filipino Richard Hanover (Jon Jon Briones). Depois de trapacear, consegue uma boa colocação para desgosto da enfermeira-chefe (Judy Davis). Enquanto isso, o serial killer Edmund Tolleson (Finn Wittrock), que matou quatro padres, está sendo levado para a mesma instituição. Mildred tem uma ligação com Edmund e fará de tudo para livrá-lo da pena de morte. Mas qual é o motivo dela por trás disso?

Do planejamento visual à trilha sonora que emula Bernard Herrmann, a realização se espelha fielmente na obra de Alfred Hitch­cock. Além da requintada produção de época e da estupenda direção de fotografia, o roteiro sabe bem explorar as nuances de comportamento dos personagens, quase todos no limite entre o bem o e mal. Na combinação de suspense e drama, Ryan Murphy ainda toca em temas contemporâneos para um enredo que se passa na década de 40, como os relacionamentos homoafetivos, o empoderamento das mulheres e o abuso infantil. E a uma grande estreia da Netflix.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Para quem quiser conhecer a Mildred original, o livro de Ken Kesey está à venda no site da Amazon e o longa-metragem de Milos Forman, que ganhou os cinco principais prêmios no Oscar de 1976 (melhor filme, direção, roteiro adaptado, ator para Jack Nicholson e atriz para Louise Fletcher) está disponível no Amazon Prime Video. Eu revi logo na sequência da série para ver as (poucas) semelhanças entre as Mildreds. Vale a pena.

 

Continua após a publicidade
  • Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

    Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
    Twitter: @miguelbarbieri
    Instagram: miguelbarbieri
    YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

     

    Continua após a publicidade

     

    Continua após a publicidade

     

    Continua após a publicidade

     

    Continua após a publicidade

     

    Continua após a publicidade

     

    Continua após a publicidade
    Continua após a publicidade
    Publicidade