Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Tudo Sobre Cinema

Dividir o desfecho de Jogos Vorazes em duas partes é caça-níquel

Exatamente, um ano atrás, quando o segundo capítulo de Jogos Vorazes foi lançado, fiz um post da “primeira impressão” ao ver o filme. Fui mal-compreendido por centenas de fãs e fanáticos pela saga, que não entenderam que meu relato não era uma crítica. Vi hoje pela manhã a terceira parte de Jogos Vorazes numa sessão […]

Por Miguel Barbieri Jr. Atualizado em 26 fev 2017, 20h15 - Publicado em 18 nov 2014, 14h20

Exatamente, um ano atrás, quando o segundo capítulo de Jogos Vorazes foi lançado, fiz um post da “primeira impressão” ao ver o filme. Fui mal-compreendido por centenas de fãs e fanáticos pela saga, que não entenderam que meu relato não era uma crítica. Vi hoje pela manhã a terceira parte de Jogos Vorazes numa sessão para a imprensa. E já vou deixar claro: o texto que você lê não tem a intenção de contentar ou descontentar ninguém.

Quer ter informações diárias sobre cinemas? Venha conhecer e curtir minha a página do blog no FacebookE me siga no Twitter!

Jennifer Llawrence retoma o papel de Katniss Everdeen

Jennifer Lawrence retoma o papel de Katniss Everdeen

Visualmente, A Esperança – Parte 1 é menos cafona do que os dois anteriores. Os figurinos privilegiam os tons cinzentos e combinam com o clima sombrio da trama. Um problema ainda persiste: Josh Hutcherson não me convence no papel de Peeta, o grande parceiro da protagonista. Eu sempre admirei Josh. Desde que ele despontou, ainda criança, em ABC do Amor, comecei a reparar no pequeno grande astro.

Josh Hutcherson aparece pouco e é o ponto baixo da saga

Josh Hutcherson aparece pouco e é o ponto baixo da saga

Na pele de Peeta, com os cabelos tingidos de loiro, Josh é uma escolha equivocada. Ele aparece pouco e deixa a cena para o “rival” Liam Hemsworth, que tem bons momentos com a protagonista, Jennifer Lawrence. Mas o que me deixa mais contrariado é a divisão desta última parte em dois longas-metragens.

Isso virou moda e é um caça-níquel. Foi feito com as cinesséries Harry Potter e Crepúsculo. E dá para notar: A Esperança, embora de narrativa ágil, tem muitas cenas alongadas para caber na metragem de duas horas. O desfecho deixa um gosto de quero-mais. É pena que será preciso esperar mais um ano para conferir o fim da série.

 + Nove artistas que usaram nariz postiço para compor um personagem

+ Por onde os atores que interpretaram Totó em Cinema Paradiso?

Continua após a publicidade
Publicidade