Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Wanderley Nunes se inspira nas clientes para compor canções

Entre uma tesourada e outra, o cabeleireiro Wanderley Nunes ouve as lamúrias amorosas das clientes, que o inspiram a compor as músicas do CD de estreia de sua namorada, Juliana Dias. “O repertório dela será parecido com o da cantora Paula Fernandes”, compara ele, que já tinha escrito letras para obscuras duplas sertanejas. A fim […]

Por Ricky Hiraoka Atualizado em 27 fev 2017, 12h12 - Publicado em 11 ago 2012, 17h47

Wanderley: violão e tesouras enquanto a aposentadoria não vem (Foto: Fernando Moraes)

Entre uma tesourada e outra, o cabeleireiro Wanderley Nunes ouve as lamúrias amorosas das clientes, que o inspiram a compor as músicas do CD de estreia de sua namorada, Juliana Dias. “O repertório dela será parecido com o da cantora Paula Fernandes”, compara ele, que já tinha escrito letras para obscuras duplas sertanejas.

A fim de ajudar Juliana, Wanderley pediu ao autor Silvio de Abreu para incluir uma de suas criações na trilha sonora de sua próxima novela, Guerra dos Sexos. “Ele gostou do material, mas não prometeu nada”, lamenta.

+ Nos salões de beleza paulistanos, a tesoura é um detalhe
+ Isabella Fiorentino dá dicas de moda e beleza no blog “TodaBella”

Assim como a amada, o cabeleireiro almeja um novo futuro profissional: quer ser fotógrafo. Em dezembro, lança um livro com imagens dos Lençóis Maranhenses. Mas, com tantas atividades, como fica o salão? “Daqui a oito anos, vou me aposentar do negócio”, promete.

Continua após a publicidade
Publicidade