Clique e assine por apenas 5,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

“Tem seguidora que não sabe onde fica a própria vagina”, revela médica

Na onda dos "medfluencers", que ganharam ainda mais força na pandemia, Cidinha Ikegiri discute saúde sexual e tabus femininos em sua página no Instagram

Por Humberto Abdo - Atualizado em 9 out 2020, 10h05 - Publicado em 9 out 2020, 06h00

“O título de blogueira vinha sempre com sarcasmo”, conta a ginecologista Cidinha Ikegiri, 34, criadora de página dedicada à saúde sexual feminina. “Comecei assim que o Instagram nasceu e sempre foi algo visto com maus olhos pelos médicos… Mas eles sacaram a importância de usar essa plataforma e hoje tentam fazer o mesmo que eu”, ostenta. Com perguntas e ilustrações que listam mitos e verdades sobre menstruação, pílula anticoncepcional e temas considerados tabus, Cidinha integra o grupo de medfluencers, que ganharam ainda mais foco neste ano com a pandemia. “É um momento em que muita gente tem falado o que não sabe”, opina. “E surgem dúvidas sobre tudo, falta autoconhecimento. Tem seguidora que não sabe nem onde fica a própria vagina.”

Ginecologista influencer, Cidinha também planeja receber profissionais convidados para discutir o câncer de mama pela campanha do Outubro Rosa durante todo o mês. Nicole Gomes/Reprodução

Publicado em VEJA São Paulo de 14 de outubro de 2020, edição nº 2708.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90 

Publicidade