Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Miss Brasil 2020: “Antes de viver tudo isso, sempre tive baixa autoestima”

Após morar três anos na China como atriz, a gaúcha Julia Gama se prepara para participar do Miss Universo durante a pandemia em São Paulo

Por Humberto Abdo Atualizado em 11 dez 2020, 00h35 - Publicado em 11 dez 2020, 06h00

Coroada miss Brasil 2020, a gaúcha Julia Gama, 27, se prepara para participar do Miss Universo, concurso com previsão de ser realizado em 2021. Julia estudou engenharia química no Rio Grande do Sul antes de começar a participar de competições de beleza, incentivada por uma amiga. “Sempre fui a nerd estudiosa, mas tive de admitir que não seria feliz como engenheira e migrei para a arte dramática, até para me desinibir por ser muito tímida”, conta.

Em 2016, ela se mudou para a China, onde viveu três anos como embaixadora de marcas de cosméticos e atriz, após aprender mandarim. “Sobrevivi por um bom tempo com mímicas. Um dia encontrei uma aranha gigante no quarto do hotel e precisei imitar o Homem-Aranha na recepção para conseguir ajuda”, relembra, aos risos. Julia participou de dois longas-metragens chineses, ainda inéditos, antes de voltar para o Brasil, e atualmente mora em São Paulo. “Antes de viver tudo isso, sempre tive baixa autoestima”, confessa. “Passei por uma longa construção de amor-próprio, fiz anos de terapia e hoje sei que beleza é subjetiva. Ser miss Brasil não significa ser necessariamente a mais bonita de todas.”

Agora em São Paulo, a gaúcha Julia Gama se prepara para participar do próximo Miss Universo.
Agora em São Paulo, a gaúcha Julia Gama se prepara para participar do próximo Miss Universo. Divulgação/Divulgação

Publicado em VEJA São Paulo de 16 de dezembro de 2020, edição nº 2717.

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

Publicidade