Ex-jogador Roberto Carlos deve pagar 140 000 reais a ex-segurança

Os advogados irão entregar um pedido de esclarecimento à juíza responsável

Os advogados de Roberto Carlos, ex-craque da seleção brasileira, vão entregar nos próximos dias um pedido de esclarecimento à juíza Andréa Nunes Tibilletti, da 72ª Vara da Justiça do Trabalho de São Paulo. Em 25 de agosto, ela determinou o leilão de um imóvel comercial de 30 metros quadrados no Jardim Paulista, avaliado em 400 000 reais.

Parte da quantia, 140 000 reais, deverá ir para a conta de Reginaldo Ferreira Machado, ex-segurança de RC, que move uma ação contra o ex-jogador desde 2013, por falta de pagamento. Os representantes de RC contestam o valor da propriedade, que seria de aproximadamente 700 000 reais, e tentarão um acordo.

“Não há a menor chance”, avisa Ricardo Nacle, advogado de acusação. Ele estima que, até o fim do ano, a sentença deverá ser cumprida.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s