Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Primeiro editor da Veja São Paulo revela origem do Terraço Paulistano

Ex-correspondente em Paris e Roma, Marco Antonio de Rezende editou a revista por quase um ano em 1985 e ajudou a cunhar o nome da coluna de notas exclusivas

Por Humberto Abdo Atualizado em 23 out 2020, 12h32 - Publicado em 23 out 2020, 06h00

Primeiro editor de VEJA SÃO PAULO, Marco Antonio de Rezende, 72, foi também o responsável por dar nome a este mesmo Terraço, inspirado no título de um drama italiano de 1980, O Terraço. “Era um filme sobre noites de verão com jantares de socialites, artistas e jornalistas, personagens que refletiam a variedade das pessoas em São Paulo”, explica. Ex-correspondente em Paris e Roma, Rezende recebeu o convite para editar a revista após ter publicado um artigo sobre o Plano’s Bar, na época sucesso da oscar Freire. “Começamos com três ou quatro pessoas e os leitores entenderam imediatamente a proposta”, recorda-se. Ele também ajudou a produzir matérias como a capa sobre Ala Szerman, precursora da ginástica pela TV no Brasil, e um perfil da família de açougueiros Wessel. “A Vejinha ajudou São Paulo a se reconhecer como grande cidade cosmopolita e servia como espelho, pois mostrava todas as novidades, tendências e estilos de vida.”

Publicado em VEJA São Paulo de 28 de outubro de 2020, edição nº 2710.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

  • Publicidade