Clique e assine por apenas 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Conheça a engenheira que virou defensora dos motofretistas

Gitane Leão assumiu a presidência da nova Fundação Profissão Motofrete, criada tendo em vista a profissionalização e a segurança da categoria

Por Ana Carolina Soares - 24 May 2019, 06h00

No ambiente masculino dos motoboys, a engenheira Gitane Leão, 44, assumiu a presidência da Fundação Profissão Motofrete. A ONG foi recém-criada pela plataforma digital Loggi para unir os setores privado e público e a sociedade civil para a profissionalização e a segurança da categoria, ainda recordista em acidentes. Recrutada por uma consultoria, antes ela já tinha sido secretária adjunta municipal de Assistência e Desenvolvimento Social. “Há grande preconceito contra esses profissionais, que sempre me respeitaram muito”, diz Gitane. Outra curiosidade: ela não sabe dirigir moto. “Mas vou tirar minha carta agora”, avisa.

Engenheira, Gitane Leão, assume a presidência da Fundação Profissão Motofrete Alexandre Battibugli/Veja SP

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 29 de maio de 2019, edição nº 2636.

Publicidade