Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.
Conteúdo para assinantes

TUCCA lança campanha após busca por tratamento de câncer cair

“As pessoas estão com medo de sair e ser contaminadas. Só que o câncer não espera", diz Sidnei Epelman, da instituição que cuida de crianças e adolescentes

Por Guilherme Queiroz Atualizado em 24 abr 2020, 13h09 - Publicado em 24 abr 2020, 06h00

Além de enfrentar queda nas doações (os concertos Música pela Cura, na Sala São Paulo, bazar e eventos gastronômicos para arrecadação foram cancelados no primeiro semestre devido à pandemia), a TUCCA — Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer encara outro desafio e lançou a campanha O Câncer Não Espera. O número de pacientes que buscam a instituição pela primeira vez caiu drasticamente em sua porta de entrada, o Serviço de Oncologia Pediátrica do Hospital Santa Marcelina, na Zona Leste. Antes, eram recebidos em média 25 novos doentes por mês, agora são cinco, redução de 80%. “As pessoas estão com medo de sair e ser contaminadas. Só que o câncer não espera, e isso atrasa o diagnóstico correto, além de fazer com que o quadro da doença avance e dificulte o tratamento. Corremos o risco de, um pouco à frente, ter uma avalanche de casos mais graves”, diz o presidente Sidnei Epelman. O atendimento diário de cinquenta crianças e adolescentes continua normalmente no local.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 29 de abril de 2020, edição nº 2684.

  • Assine a Vejinha a partir de 6,90.

    + OUÇA O PODCAST Jornada da Calma

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade