Advogada cria consultoria especializada em igualdade de gênero

Monica Sapucaia e suas sócias lutam, entre outras coisas, pela paridade salarial

De acordo com o Banco Mundial, pagar menores salários às mulheres diminui o consumo e gera menos dinheiro em circulação. Ao saber dos dados, a advogada Monica Sapucaia, 38, e suas sócias fundaram no fim do ano passado uma consultoria empresarial para oferecer o “compliance de gênero”. Ou seja, elas criam regras para promover a igualdade de oportunidades entre funcionários. “A maioria dos diretores de empresa e funcionários de RH não sabe fazer uma política de igualdade”, acredita Monica. Um de seus clientes, por exemplo, oferecia seis meses de licença paternidade. A profissional elogiou a iniciativa, mas estabeleceu que, no caso de um casal na companhia, primeiro a mãe recebe o benefício, depois o pai. “Assim, o bebê ficará um ano assistido e a firma reduzirá os problemas com faltas domésticas.”

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 03 de abril de 2019, edição nº 2628.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s