Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Mirna Borges ajuda seus seguidores a negociar com os bancos

Após analisar um plano feito pelo seu gerente, a engenheira percebeu não receber tantos benefícios quanto a empresa propunha

Por Ana Carolina Soares 2 ago 2019, 06h00

Ao voltar de uma temporada de quase dois anos no exterior, a engenheira Mirna Borges, 32, procurou sua gerente de banco para incrementar o orçamento. Fez todo o planejamento sugerido: previdência privada, consórcio, seguro de vida… “Mas, como tenho afinidade com números, fui estudar as aplicações. Então vi que aquele plano só beneficiava o banco e eu deixava de ganhar muito”, lembra. Em 2016, decidiu compartilhar seu aprendizado no canal de YouTube EconoMirna, com mais de 33 milhões de visualizações. Em um ano, tornou-se coach financeira e hoje vive em uma ponte aérea entre Vitória, onde mora, e São Paulo, cidade em que dá a maior parte das aulas e consultorias. “Imediatismo gera dívidas”, ensina.

Dica de ouro > Assim que receber o salário ou qualquer verba, separe uma porcentagem para investir.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 07 de agosto de 2019, edição nº 2646.

Publicidade