Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Larissa Manoela e namorado Léo Cidade apresentam musical on-line juntos

Montagem gravada no Rio de Janeiro retrata relacionamento de cinco anos por perspectivas e fases diferentes do casal

Por Humberto Abdo Atualizado em 23 dez 2020, 10h16 - Publicado em 22 dez 2020, 18h09

Estrelado por Larissa Manoela e Léo Cidade, o novo musical Os Último Cinco Anos retrata o desenvolvimento de um casal em dois tempos e perspectivas diferentes: para ela, o casamento vive sua fase final; para ele, o relacionamento acabou de começar. Namorados na vida real, os atores gravaram o espetáculo no Rio de Janeiro e a produção será exibida por transmissão on-line na próxima segunda (28), às 18h.

Com direção-geral de Renata Borges e direção artística de Charles Mueller, a montagem sobre a vida de Jamie e Cathy foi filmada com elementos de televisão e cinema. “São várias câmeras, com closes e aberturas de cena, além dos planos abertos”, antecipa Léo, que interpreta Jamie. Além do palco, a peça também ocupa coxias, camarins e outros cenários. “Nós passamos a quarentena juntos e vimos vários casais se unindo em projetos como esse”, conta Larissa. “Assim tivemos a ideia de fazer uma adaptação de Os Últimos Cinco Anos em um formato mais inovador.”

Segundo o casal, essa é a primeira vez que os dois interpretam juntos. “Já tínhamos feito um musical, mas não atuávamos nas mesmas cenas”, relembra Léo. “Gostamos muito dessa história e gostei especialmente do meu personagem, mais maduro, algo que eu já buscava.”

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

“Interpretar a Cathy foi um grande prazer, ela é disciplinada na profissão como atriz, o que tem muito a ver comigo”, diz Larissa. O espetáculo já foi traduzido para vários idiomas, em mais de 20 países, além de ganhar uma adaptação para o cinema, em 2015, com Anna Kendrick e Jeremy Jordan. “Me inspirei em algumas Cathys de outras versões de musicais pelo mundo e filme, mas quis deixá-la com uma personalidade que combinasse com o Brasil.”

Continua após a publicidade

A orquestração foi escrita para cinco músicos (piano, guitarra, baixo, violino e cello) e Renata Borges também assina cenário e figurinos. A versão brasileira é de Claudio Botelho.

Em cena, os personagens não interagem diretamente, exceto pela canção do casamento, quando suas linhas do tempo se cruzam. A cenografia se concentra no apartamento dos dois e a ação não ocorre apenas no palco, mas em todas as dependências do Teatro Multiplan, no Rio, onde foram feitas as gravações.

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

“Trabalhar com o Léo foi muito legal, a gente sabia do talento um do outro e ter descoberto um olhar e outra forma de sintonia com ele na profissão foi bem bacana. Várias vezes nos surpreendemos com o olhar e passamos a nos conhecer ainda mais”, finaliza Larissa.

Ingressos para o espetáculo estão à venda no Sympla.

+Assine a Vejinha a partir de 5,90

Continua após a publicidade
Publicidade