Larissa Abdelmassih é vetada para ser sócia do Club Athletico Paulistano

Esposa do ex-médico Roger Abdelmassih recebeu centenas de "bolas pretas" para voltar a frequentar o local com seus filhos gêmeos

Em reunião nesta segunda (24), os diretores do Club Athletico Paulistano, nos Jardins, um dos mais elitizados de São Paulo, vetaram a volta da advogada Larissa Abdelmassih e seus dois filhos ao local como sócios. A ficha de candidatura da esposa do ex-médico Roger Abdelmassih, condenado a prisão domiciliar pelo estupro de mais de trinta pacientes, ficou exposta em um painel na entrada do local no início de maio. Muitos associados a reconheceram e houve uma comoção por ali. Algumas vítimas de Abdelmassih frequentam o endereço e ajudaram a mobilizar um movimento pela rejeição da proposta.

Agora é oficial! A intenção da senhora Larissa Abdelmassih de se tornar uma sócia do Club Athlético Paulistano recebeu uma quantidade inédita de bolas pretas, talvez mais de 300, o que ajudou na reprovação por parte da comissão de sindicância e a rejeição, por unanimidade, por parte da diretoria!“, celebrou o irmão de um diretor em uma rede social restrita a sócios do clube. Confira o post:

 (Reprodução/Divulgação)

A família teve o título (de 500 000 reais) cassado em 2009, por causa dos crimes de Abdelmassih, que era o sócio-titular. No último ano, Larissa vem negociando com a direção a fim de recuperar o documento para passear por lá com os gêmeos de 7 anos, que não levam o sobrenome do pai.

Recebeu indicação de amigos, como o médico Waldemar Kogos. Após a exibição da ficha e a péssima repercussão por lá, uma outra amiga da família que a recomendava decidiu retirar seu apoio. Outros membros do clã Abdelmassih seguem sócios e frequentando o clube, mas sem enfrentar preconceitos por causa do sobrenome.

Larissa Abdelmassih soube da rejeição na noite desta terça (25) por meio de amigos. Até então, não havia sido comunicada pela diretoria. Ela ainda não decidiu se irá buscar na Justiça o direito de ter seu título de volta e poder voltar a frequentar o espaço com os filhos. A assessoria de imprensa do clube não comenta questões envolvendo associados.

A proposta exibida na entrada do clube Paulistano

A proposta exibida na entrada do clube Paulistano (Reprodução/Veja SP)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. That is the reason why it became a lot more known with the
    name “the blue pill”. In most cases should be treated by cauterization or surgical
    removal. But in 1983 scientists found the herpes virus iin enlarged lymph nodes which
    in 1986 was called HIV, hujan immunodefficiency virus.
    like it