O ambulante elegante que, vestido de garçom, fatura no farol

Thauã Paulista carrega até uma bandeja prateada para vender garrafas d'água no trânsito

“Olha a água de categoria”, anuncia o ambulante Thauã Paulista, 25, na esquina das avenidas Rebouças e Henrique Schaumann. Vestido como um garçom, ele dá expediente por lá de segunda a segunda, entre as 15 e as 19 horas. A ideia do figurino surgiu de uma demanda. “Há três anos, uma cliente não fez a compra porque a garrafa estava toda molhada. Pensei: ‘Ela tem razão, posso oferecer um serviço diferenciado’ ”, recorda.

Paulista se lembrou de dois ternos que havia ganho em uma igreja de Taboão da Serra, onde mora, e passou a “se caracterizar” nas ruas, além de empunhar uma travessa prateada cheia de gelo. Ele começou na atividade em meados de 2013, quando acabou de cumprir sua pena, de quase dois anos de prisão, por assalto. Sonha com um emprego de carteira assinada, mas… “Já me ofereceram trabalho em bares por um salário mínimo. Aqui rende mais”, diz o vendedor, que fatura entre 250 e 480 reais por dia.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 12 de junho de 2019, edição nº 2638.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s